var ajaxurl = "https://rotasystem.com.br/wp-admin/admin-ajax.php";

Muitos motoristas optam em comprar uma motocicleta por conta do seu custo-benefício. O valor do investimento é mais baixo, o consumo de gasolina é menor e ainda existe a questão da facilidade de deslocamento em cidades e rodovias. Porém, e embora seja um investimento mais barato que um automóvel, muitas pessoas também estão buscando alternativas para proteger esse ativo. E com algumas soluções sendo disponíveis no mercado, hoje já podem escolher entre contratar uma solução de Rastreamento ou Seguro para Moto.

Quer saber qual é a melhor opção quando o assunto é proteger a sua moto? Veja, neste post, como funciona o seguro para motocicletas, qual é a diferença entre uma solução e outra, e porque um rastreador veicular acaba sendo a escolha mais interessante para o condutor. Confira!   

Seguro para moto: como funciona?

Assim que o proprietário da moto decide contratar um seguro, ele tem duas opções: optar pela modalidade de seguro compreensivo ou adquirir um seguro não-compreensivo.

No seguro para moto compreensivo, a seguradora oferece uma proteção mais completa contra incêndio, colisão, roubo e furto, danos a terceiros, danos aos faróis, retrovisores e lanternas, entre outros. Enquanto que, no seguro para moto não-compreensivo, oferece uma proteção mais simplificada contra roubos e furtos.  

A questão é que, nem todas as seguradoras oferecem o seguro compreensivo para os condutores. Justamente porque o preço dessa cobertura pode acabar custando mais caro do que o próprio veículo. 

E assim como a cobertura de um automóvel, o seguro de moto também é uma modalidade que pode sofrer variação de preço com base nos riscos do transporte.  Ou seja, quanto maior for o risco, mais caro acaba sendo o seguro.

Para chegar a um preço, a seguradora realiza uma avaliação com base alguns critérios. Por exemplo: as regiões do país onde mais ocorrem furtos, modelos de motos mais caros no mercado, os custos para reparação das motocicletas, a faixa etária dos condutores que mais se envolvem em acidentes, entre outros.

Além desses dados, as informações pessoais também podem influenciar no preço do seguro, como: histórico de sinistros, local em que a pessoa reside, envolvimento em roubos e acidentes de veículos, idade e até mesmo o local em que a moto irá ficar.

Logo, dependendo da moto, das informações coletadas e da modalidade contratada, o seguro pode se tornar pouco viável para o condutor que busca um custo-benefício melhor. 

Veja uma moto Yamaha, por exemplo. Supondo que o seu preço de aquisição foi R$ 6.350,00 e o valor do seguro foi cotado em R$ 1.500,00, não fica difícil compreender o porquê do seguro não ser uma vantagem, certo? Ele pode se tornar extremamente caro. 

Rastreamento para Moto ou Seguro: qual é a diferença?

Enquanto que o seguro funciona como um contrato junto da seguradora para a indenização em sinistros, o rastreador veicular é um equipamento de geolocalização que funciona para monitorar e localizar os veículos por meio de GPS (Global Positioning System, também conhecido como Sistema de Posicionamento Global).

Na primeira opção, o condutor adquire a cobertura como uma espécie de garantia de proteção da moto. Já no rastreador, investe em uma tecnologia que também garante essa segurança. Porém, com alguns benefícios e funcionalidades diferentes.

Quando comparado ao preço de um seguro para moto (seja um seguro compreensivo ou não-compreensivo) o valor investido em um rastreador veicular se torna muito mais atrativo para o proprietário.

Um rastreador vinculado a um software de rastreamento, por exemplo, é capaz de oferecer segurança, praticidade e tecnologia de ponta, tudo incluso à um único preço. Com valores que podem variar entre R$60,00 e R$120,00. 

Por que um rastreador veicular é a melhor opção?

Se o condutor está querendo proteger a sua moto contra roubos e furtos, ele não precisa mais pagar caro por isso. Hoje, um rastreador veicular consegue garantir a mesma segurança por um preço justo e acessível — fora as outras vantagens que um seguro não é capaz de oferecer.

Veja abaixo, quais são esses diferenciais e seus benefícios.

1. Contribui para a localização e recuperação da motocicleta

Quando no caso de furto ou roubo, a motocicleta que está equipada com um rastreador veicular possui mais chances de ser recuperada. Isso porque o condutor consegue ter acesso à sua localização por meio de um software de rastreamento. 

Assim que ele percebe que o seu bem foi roubado, repassa a informação à empresa responsável pelo monitoramento — neste caso a RotaSystem —, que aciona a sua pronta-resposta e as autoridades para iniciar as buscas pela moto.

2. Fornece mais proteção para o condutor e sua família

Não só para auxiliar na localização e recuperação da motocicleta, o rastreamento veicular é uma tecnologia que também fornece mais segurança para o condutor e toda a sua família. 

Como funciona 24 horas, para os casos de perseguição ou sequestro, as autoridades conseguem localizar a vítima mais rápido com o auxílio do equipamento. 

3. Mais economia no seguro

Se ainda após adquirir um rastreador o condutor quiser contratar um seguro compreensivo, ele pode negociar um valor mais em conta pela cobertura. Isso porque o dispositivo contribui para a recuperação da motocicleta, logo, se torna uma vantagem interessante para o condutor e também para as seguradoras.

4. Rastreamento Veicular Possui um excelente custo-benefício

O condutor que utiliza a moto em viagens pode optar por instalar um equipamento GSM (General System Mobile). O dispositivo funciona via sinal de celular e, caso não tenha área, a tecnologia armazena as informações para descarregar posteriormente. 

Já o representante comercial, que está sempre visitando várias localizações (muitas vezes em regiões onde há pouco ou quase nenhuma cobertura telefônica), pode adquirir o rastreamento por satélite para monitorar todo o desempenho da moto. 

Comparadas ao seguro, ambas as alternativas (equipamento GSM ou o rastreador por satélite), são mais econômicas.

O que achou do tema? Entre Rastreamento ou Seguro para Moto, já sabe qual é a melhor opção para proteger a sua moto? Caso tenha dúvidas, entre em contato com um de nossos especialistas para ajudá-lo. Ou, se quiser ter acesso a outros conteúdos para saber quais são as ferramentas que possibilitam maior proteção, acesse o nosso blog para ficar por dentro das novidades!